Buscar
  • ReDEC

ENTREVISTA COM UMA PROFESSORA EM QUARENTENA


O ano letivo mal começou e a educação em todos os lugares do mundo já passa por uma grande ressignificação de seus preceitos. A chegada do novo Corona Vírus (covid-19) tem transformado a sala de estar, das casas de professores, em salas de aula e feito com que as redes sociais se tornem grandes ambientes de aprendizagem. Muitos municípios e instituições privadas têm criado diversas estratégias para superar esse momento de maneira proveitosa. o Município de Gloria do Goitá/PE está entre eles. A Secretaria de Educação da Cidade, junto com a Redec, tem promovido diversas iniciativas para inspirar professores, motivar estudantes e engajar familiares. Alguns resultados positivos já podem ser observados como o da professora Rafaela Bezerra da Silva, que ministra aulas para a turma do 5° ano da Escola Rosa Beltrão de Farias, em Glória do Goitá. A professora concedeu uma breve entrevista para nossa página. Como você tem encarado o momento de "isolamento Social"? Não é fácil ter que se isolar, mas estou buscando neste momento tão difícil para todos formas de ajudar os meus e também aqueles os quais convivo diariamente. Dessa forma, estou encarando de forma leve para conseguir ter equilíbrio para encarar o que pode vir. Quais iniciativas você tem desenvolvido com seus alunos, para combater o ócio educacional neste período? Tenho desenvolvido atividades que os façam ter perspectivas de futuro e conscientizá-los a contribuir de forma correta, para só assim, tudo isso passar. Algumas das atividades propostas são: gravar vídeos após a leitura de algum texto, realizar experimentos de ciências com auxilio de familiares e utilizando materiais de fácil acesso, além de desafios matemáticos que envolvem outras pessoas da casa, respeitando o isolamento social. Todavia, busco não cobrar tanto, pois estão vivendo um momento muito delicado com esse isolamento social. O que te inspirou a desenvolver atividades virtuais para seus alunos? Sobretudo o AMOR e o apoio que tenho das minhas gestoras, Rosimere e Adelma. Bem como, a secretária de Educação Fatima Santana e a Prefeita Adriana Paes que estão sempre engajadas em oferecer possibilidades para que os profissionais da educação desempenhem sua função da melhor forma possível. Preocupo-me como os meus discentes e busco a cada dia o melhor para eles. Como tem sido a aderência dos estudantes e familiares, nas estratégias que você tem utilizado? Não é muito fácil, pois por serem da Zona Rural existem muitos afazeres e atividades que competem a sua localidade. Em função disso, os horários são adaptados as suas realidades, para dessa forma, desenvolver um trabalho que seja bom para todos e consiga envolver a família. Quais os maiores desafios são enfrentados ao aderir aos dispositivos móveis nesse momento de quarentena? O fato de que alguns estudantes não possuírem o dispositivo móvel e por isso precisam se deslocar para casa de alguns colegas para realizar as atividades. Com a necessidade do isolamento social, o deslocamento não tem sido motivado. A professora Rafaela é certamente uma forte inspiração não apenas para os professores do município mas também para todos aqueles que se comprometem com a educação e com a promoção da aprendizagem significativa.

#ciencia #saude #coronavirus #covid19 #sarscov2 #gloriadogoita #pernambuco #educacao #residenciadocente #professor

0 visualização